Jardim Botânico de Pamplemousses

Jardim Botânico de Pamplemousses

Com uma superfície de 33 hectares, o precioso Jardim Botânico Sir Seewoosagur Ramgoolam tem como missão a conservação e a educação na cultura e história das Ilhas Maurício.

História

Fundado em 1736, durante a época colonial francesa, o Jardim Botânico de Pamplemousses (conhecido assim por ficar nessa cidade) é um dos maiores e mais antigos jardins botânicos do Hemisfério Sul. Em 1767, o intendente francês começou a importar frutas, vegetais e flores de todo o mundo, muitas das quais continuam no jardim até hoje.

Durante os primeiros 30 anos de colonização inglesa, o jardim esteve em decadência. No entanto, em meados do século XIX, chegaram novas espécies, como a palmeira-real. Nessa época, o jardim trocou de nome para Jardim Botânico Real.

O nome atual, Jardim Botânico Sir Seewoosagur Ramgoolam, foi designado em 18 de setembro de 1988, no 88º aniversário de nascimento do Primeiro Ministro e posterior Governador do país.

Fauna e Flora

Nenúfares gigantes, rosas da Venezuela, flores de lótus, plantas medicinais, temperos... No Jardim Botânico de Pamplemousses, você encontrará uma infinidade de plantas. Também encontrará diferentes espécies de animais, como tartarugas-gigantes, cervos, papagaios ou raposas-voadoras.

Melhor com guia

Recomendamos fazer a visita com um dos guias oficiais do jardim. Se você for por conta própria, é bem provável que não note mais que 10% das plantas e animais que há por ali.

Horário

Todos os dias, das 08:30 às 17:30 horas.

Preço

Maiores de 5 anos: 200 MUR.
Menores de 5 anos: entrada gratuita.

Lugares próximos

L’Aventure du Sucre (933 m)
Port Louis (10.5 km)
Trou aux Cerfs (24.5 km)
Ilha dos Cervos (30 km)
Grand Bassin (35.8 km)